É possível utilizar o FGTS no Consórcio Nacional?

Consórcio Nacional

Cada vez mais os brasileiros estão a adquirir bens de grande valor como
casas, carros e motos, e isso se deve ao fato de o mercado disponibilizar cada vez mais formas de investimentos que facilitam a vida do investidor.
Um dos métodos de maior sucesso atualmente é o Consórcio Nacional.
No entanto, quando se fala nisso há uma série de dúvidas que surgem a cada momento.
Pensando nisso, esse artigo irá falar sobre duas coisas que interessam e muito o brasileiro: consórcio nacional e o FGTS. Afinal, é possível utilizar o
FGTS no consórcio nacional? Mas antes disso, vamos primeiro entender como funciona essa modalidade de investimento.

1-) Como funciona o Consórcio Nacional?

O consórcio nacional nada mais é do que uma modalidade de investimento. No entanto, possui algumas diferenças quando comparado a um financiamento, por exemplo.
Para dar início ao processo, você deve buscar uma administradora que
forneça tal serviço e então fazer uma simulação do valor que você precisa de acordo com as parcelas que cabem no seu bolso.
Uma vez que esses e outros detalhes sejam acertados, você poderá assinar o contrato e então tornar-se um consorciado. Feito isso, você irá ser
colocado pela administradora em um grupo com outros consorciados de
interesse comum, e então deverão participar das assembleias mensais onde
serão feitos os sorteios e a cada mês um sortudo será contemplado.

2-) Como utilizar o saque do FGTS no Consórcio Nacional?

Agora que você já entendeu como funciona um consórcio nacional,  veremos como que você pode utilizar o saque do FGTS para adquirir o seu bem tão desejado:
– ofertar lances: como visto anteriormente, você precisará contar com a sorte para ser contemplado via sorteio. No entanto, você pode ofertar lances de forma a agilizar tal processo. Para isso, é necessário juntar um bom valor de forma que se tenha chances, então que tal utilizar o seu FGTS para tentar acelerar a sua aquisição.
– antecipar prestações: utilizando o FGTS você pode também quitar saldos devedores do seu consórcio nacional. Existem três possibilidades, dependendo do que consta em contrato. São elas: ordem direta (valor antecipado quitando as prestações vincendas mais próximas), ordem inversa (quitando as prestações vincendas a contar da última), ou diluído nas parcelas (diminuindo o valor de todas as próximas parcelas mensais).
– complete o valor do seu crédito: uma vez que você invista em um consórcio nacional e seja contemplado, você não poderá mais alterar o valor da sua carta de crédito. No entanto, caso seja da sua vontade, você poderá utilizar o seu saque do FGTS para completar tal valor e adquirir um bem mais caro que aquilo acordado em contrato.
– regularize sua situação: em tempos de crise financeira, atrasos de parcelas são infelizmente muito comuns. Caso esse seja o seu caso, você pode utilizar o saque do FGTS para quitar suas parcelas e então voltar a participar de forma efetivo do grupo podendo assim ser contemplado tão logo que sorteado.

Agora que você sabe como que o seu FGTS pode ate ajudar e muito na aquisição do Consórcio Nacional, acesse nosso simulador e realize seu sonho agora mesmo!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *